sexta-feira, 21 de maio de 2010

Quelques Minutes


Tirem-me daqui, ó pessoas que não me percebem.
Por que eu hei de querer ficar?
Retirem-me, retirem-se, retirem tudo...
Não mais quero ver nada hoje,
E talvez também não queira amanhã.
Começo a sentir saudade das horas livres entediantes,
Oh quem diria!
Sempre há do que reclamar ou sentir falta,
Se não fosse assim eu não seria eu.
E o universo? Ah, tantos outros insatisfeitos como – ou mais – que eu.
Preocupar-me com isso? Logo agora? Depois de meio terço de vida?
Rá! Pra lá com as suas idéias.
Se era ou não era? Deixa ser ou não, simplesmente,
Que o resto basta. Deixa também o resto bastar.

*Texto escrito depois de ler aproximadamente 60páginas de Fernando Pessoa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget